Sessão Nostalgia: FERA RADICAL

Exibida de 28 de Março a 19 de Novembro de 1988, pela Rede Globo, no horário das 19h. Com 203 capítulos.

Novela de Wálter Negrão. Escrita com Rose Calza, Ricardo Linhares e Luís Carlos Fusco.

Direção de Gonzaga Blota, Denise Saraceni e F. R de Souza. Direção geral de Gonzaga Blota.

Um grande sucesso de Wálter Negrão. O autor não negou que a inspiração vinha de "A Visita da Velha Senhora" de Friederich Durrenmatt, que já havia servido de base para outras novelas omo "Os Inocentes" (Tupi) e "Cavalo de Aço". Esta última, escrita pelo próprio Negrão em 1973, tem a idéia original idêntica, mas com o sexo do protagonistas invertidos. Em "Cavalo de Aço" é Rodrigo (Tarcísio Meira) quem chega a uma pequena cidade para vingar a morte da família. Aliás, o título "Cavalo de Aço" é uma referência à barulhenta moto de Rodrigo, que é também o veículo de Cláudia (Malu Mader) em "Fera Radical".

Cláudia e Fernando Heitor e Cláudia

Uma novela contagiante, com uma trama bem amarrada que conseguiu prender o telespectador do iníco ao fim. Um elenco superafinado, que demonstrava na tela o entrosamento entre todos. O ator Elias Gleizer, intérprete do poderoso Donato Orsini, declarou em entrevista: "Desde que comecei a minha carreira, quando a televisão era movida a lenha, não tinha participado de um elenco tão pequeno e tão entrosado como o de "Fera Radical". A gente se entende com o olhar. Já gravamos mais da metade da novela e parece que estamos começando agora".

O nome provisório da novela era "A Intrusa", que logo foi trocado. Na época da novela, a atriz Malu Mader, em entrevista à enquete 'Vc Tem Medo de Quê?' da revista "Amiga" (principal revista sobre televisão da época), assumiu ter medo de andar de moto, veículo mais utilizado por sua personagem Cláudia. Débora Evelyn era a mais cotada para viver a personagem Beth, papel que acabou ficando com Alexandra Marzo.

Mesmo tendo sua ação desenvolvida no interior, "Fera Radical" não foi uma novela rural. Mostrava o campo, as fazendas e o gado através do mundo dos negócios, impulsionado pelos frigoríficos de Altino Flores (Paulo Goulart) e Donato Orsini, os poderosos da fictícia Rio Novo. Dessa forma, se falou de exportação de carne, inseminação artificial e contrabando de sêmen, entre outras coisas. Também foi a primeira vez que uma história contou com o auxílio da informática como elemento da narrativa. Modernizando os ingredientes das novelas, a jovem Cláudia era analista de sistemas.

As cenas da fictícia cidade de Rio Novo eram gravadas em Vassouras (RJ). Já a pensão de Lourdes (Cleyde Blota) era, na verdade, o Retiro dos Artistas, no Rio de Janeiro. Ainda na cidade de Vassouras (RJ), a fazenda Aliança servia de cenário para a Fazenda Olho D'Água, pertencente à Altino Flores (Paulo Goulart). O sítio São Francisco, de Cláudia e Fernando (José Mayer) situava-se na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).

O cantor Cazuza participou do capítulo 74, na reinauguração da Arqueria Sherwood. Embora tivesse a canção "Vida Fácil" - tema de Paxá (Tato Gabus) - como parte da trilha sonora da novela, Cazuza cantou nessa participação a canção "Ideologia". Também, o cantor Sérgio Reis, participou do capítulo 134, do rodeio, onde fez seu show.

Este foi o último trabalho de Yara Amaral, intérprete de Joana, que faleceria poucos meses após o fim da novela, na tragédia do Bateau Mouche, no reveillón de 1989.

A novela foi reapresentada no Vale a Pena Ver de Novo, entre 16 de Dezembro de 1991 a 08 de Maio de 1992.

Sinopse

Chamas, fogo e a casa que queima, clareando de vermelho o escuro céu do interior. Gritos, correria, desespero. Imagens gravadas para sempre por uma menina. Mesmo hoje - 15 anos mais tarde - Cláudia (Malu Mader) ainda se assusta com as cenas presenciadas, que voltam sempre em repetidos pesadelos. Mesmo longe - Rio Novo ficou esqeucida no passado - no conforto de Ipanema, no Rio de Janeiro, a agora jovem Cláudia não perdoa seus algozes. O massacre de sua família, pai, mãe e irmãos, precisa ser vingado, para cumprir a promessa feita a si própria. E a hora é essa. Obstinada, prepara-se para voltar à pequena cidade, empregada em uma das fazendas, possível e provavelmente envolvidas no seu triste passado. No meio a tantas dúvidas, apenas uma certeza: quer descobrir os verdadeiros culpados. E se vingar de cada um deles, custe o que custar.

A pequena Rio Novo cresceu apenas o suficiente para manter o firgorífico que pertence às fazendas Olho D'Água e do Gaibú, de Altino Flores (Paulo Goulart) e Donato Orsini (Elias Gleizer), respectivamente, os poderosos da região. Tem uma população flutuante de jovens, filhos de fazendeiros, que estudam na Escola de Agronomia da cidade, e moram na pensão de Lourdes (Cleyde Blota) e Robério (Older Cazarré). Mas são os jovens das duas famílias que conduzem a trama. De um lado, os irmãos Fernando (José Mayer) e Heitor (Thales Pan Chacon). Dou outro, Marília (Carla Camurati), filha de Donato, que fica noiva de Heitor, selando a amizade entre seus pais. Distante dali, no Rio, moram Olívia (Denise Del Vecchio), seu marido Jorge (Rodrigo Santhiago) e o filho Rafa (George Otto). Além de Cláudia e Marta (Laura Cardoso), que a acolheu e a criou depois do massacre dos seus pais, dando-lhe todo carinho e conforto possíveis. Mesmo assim, Cláudia não desiste da idéia de se vingar. E sai de Ipanema, zona sul do Rio, com todas as mordomias, oara se aventurar em uma pequena cidade.

Ao articular a destruição de todos que a fizeram sofrer, Cláudia se defronta com a amizade leal de Altino, que se vê preso à uma cadeira de rodas desde a noite da chacina, e também com o ódio de Joana (Yara Amaral), mulher de Altino. Tal ódio aumenta quando ela descobre quem é Cláudia e que ela vive com Marta, antigo amor de Altino, cujo romance no passado gerou Olívia, criada por ela. Mas os planos de Cláudia podem vir por terra, quando ela se envolve com os filhos de Altino - Fernando e Heitor - e se sente arrebatada pelo amor de Fernando.

Elenco

Malu Mader/ José Mayer/ Thales Pan Chacon/ Carla Camuratti/ Paulo Goulart/ Yara Amaral/ Denise Del Vecchio/ Rodrigo Santhiago/ Laura Cardoso/ Elias Gleizer/ Older Cazarré/ Cleyde Blota/ Milton Gonçalves/ Cláudia Abreu/ Tato Gabus/ George Otto/ Alxandra Marzo/ Cláudia Magno/ Luís Maças/ Raul Gazolla/ Evandro Mesquita/ Chica Xavier/ Daúde/ Henri Pagnocelli/ Carlos Kröeber/ Benjamin Cattan/ Lutero Luiz/ Reynaldo Gonzaga/ Júlia Braga/ Gabriel Bicalho/ Ilse Rodrigues/ Cláudio Alves/ Karine Moura/ Guto Garrera/ Djalma Pratinha/ Renato Neves/ Fernanda Marmorato/ Alexandra Plubins/ Vera Brito/ Lícia Magna/ Mário Jardim/ Guaracy Valente/ Pedro Cassador/ Zezé Fassina/ Odenir Fraga/ Joana Rocha/ Helena Di Castro/ Lenita Mocrach/ Geraldo Carbutti/ Fátima Café/ Mônica Nicola/ Zezé Bigois/ Vera Paxie/ Ângela Tornatore/ Helder Carneiro/ Jorge Luís/ Fredy Monteiro/ Bia Grimaldi/ Kadu Karneiro/ João Camargo Lima/ William Gavião/ Antônio Viana/ Carlos Donescau/ Pedro Pimentel/ Raul Toledo/ Rodrigo Octávio/ Lana Francis/ Ana Cristina Rodrigues/ Paloma Riani/ Bel Garcia.

Abertura

1 comentários:

  Anónimo

quarta-feira, 24 de Março de 2010 às 08:41:00 GMT+2

en chile la pasaron en 1990 y la repitieron en 1998, las dos veces la vi yo era una ñiña de 10 años y aun la recuerdo por la trama siempre de suspenso y malu mader regia como siempre en esa moto,los años no pasan por ella, es una de las actrices mas conocidas de las telenovelas brasileñas aca en chile.y estaba tan enamorada de los personajes de fernando y hector. aun recuerdo la cancion del personaje de claudia abreu (mas companhias, parece que era)Una de las mejores telenovelas brasileñas que he visto junto con todo vale y tieta.la apertura y la cancion de esta tb magnifica